Meio Ambiente – Balanço da Mata Atlântica


Mata Atlântica – nova pesquisa mostra que o desmatamento continua

A Fundação SOS Mata Atlântica e o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais – INPE divulgaram a conclusão dos levantamentos do “Atlas dos Remanescentes Florestais da Mata Atlântica” para o período 2005 a 2008. No Dia Nacional da Mata Atlântica, comemorado em 27 de maio, a notícia não é nada animadora: os dados mostram que no período de 2005 a 2008 foram desmatados ao menos 102 mil hectares de cobertura florestal nativa, o equivalente a dois terços do tamanho da cidade de São Paulo.

Em entrevista coletiva online, Marcia Hirota, diretora de Gestão do Conhecimento e coordenadora do estudo pela Fundação, alertou que período de 2005-2008 o desmatamento continou na Mata Atlântica, mesmo com todas as campanhas de conscientização que são realizadas. Ela afirmou que é cada vez mais urgente a atuação efetiva do poder público e acrescentou: “É urgente fazer com que as pessoas entendam que a nossa vida depende da floresta e participem deste esforço em prol da proteção deste bioma tão ameaçado. É uma questão de sobrevivência dos 112 milhões de habitantes do bioma proteger tudo o que resta de floresta original.” O estudo foi realizado de acordo com o novo mapa publicado pelo IBGE de acordo com a Lei da Mata Atlântica.

Segundo a análise, nos 10 estados avaliados, a média anual de desflorestamento por ano foi de mais de 34 mil hectares. Se o desmatamento continuar nessa ritmo, em 40 anos não restará mais nada da Mata Atlântica, o bioma com a maior diversidade de espécies de árvores do mundo. Da cobertura original, que era de 1.300.000 km2, restam apenas 7% da área. 93% do que havia já foi devastado. “É preciso conter este desmatamento, melhorando os trabalhos de fiscalização e, principalmente, criando políticas públicas, mecanismos e incentivos que valorizem a floresta em pé, se quisermos garantir água em qualidade e em quantidade, clima regulado e outros serviços ambientais para os 112 milhões de habitantes que vivem no Bioma Mata Atlântica”, explicou Marcia. O estudo realizou também um levantamento por municípios, apontando os campeões do desmatamento, que regiões precisam de mais atenção e mostra ainda um ranking dos municípios com vegetação nativa da Mata Atlântica. Os dados podem ser acessados gratuitamente nos endereços: http://www.sosma.org.br e www.inpe.br

O Atlas tem o patrocínio do Bradesco Cartões e co-patrocínio da Colgate-Palmolive, por meio da linha de produtos Sorriso Herbal, e execução técnica da Arcplan.

Mata Atlântica em números Remanescentes e área original Cobertura original: 1.300.000 km2, ou seja, 15% do território brasileiro Cobertura atual: 7% da área original, 93% do que havia já foi devastado, ou seja, 1% do território brasileiro. Estados onde ocorre: Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia, Goiás, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Biodiversidade Bioma com a maior diversidade de espécies de árvores do mundo: mais de 450 espécies de árvores por hectare no sul da Bahia Considerada Hotspot: uma das cinco áreas mais biodiversas e ameaçadas do planeta Espécies de animais ameaçadas de extinção: 383 (de um total de 633 no Brasil) Flora: 20 mil espécies vegetais (8 mil endêmicas) Fauna: 1020 espécies de aves (188 endêmicas) 350 espécies de peixes (133 endêmicas) 340 espécies de anfíbios (90 endêmicas) 261 espécies de mamíferos (55 endêmicas) 197 espécies de répteis (60 endêmicas) Populações tradicionais Cerca de 70 povos indígenas em inúmeras aldeias Mais de 370 comunidades quilombolas Unidades de Conservação Cerca de 1400 Federal e Estaduais (Parques, Reservas, Estação Ecológica, Reservas Particulares do Patrimônio Natural – RPPN) Bacias hidrográficas Abriga 7 das 9 grandes bacias hidrográficas do Brasil Rios São Francisco, Paraíba do Sul, Doce, Tietê, Ribeira de Iguape e Paraná Abastecem mais de 110 milhões de brasileiros em cerca de 3,4 mil municípios

Reserva da Biosfera da Mata Atlântica

Maior reserva da biosfera em área de floresta do mundo: 35 milhões de hectares

Fontes Fundação SOS Mata Atlântica INEP

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: