CURA INTERIOR

2 de fevereiro de 2012

Tratamento da CURA INTERIOR através de Grupos de Apoio

Data e Hora: Todas as 6as Feiras – 20h00 – Início: 10/02/2012
Público Alvo: Líderes de Grupos; Conselheiros; Pessoas que desejam e buscam o tratamento da Cura Interior; Pessoas que desejam ou trabalham nesta área.
Áreas Abordadas:
– Traumas na Infância;
– Depressão;
– Solidão;
– Culpa;
– Medo;
– Sexualidade e todo o contexto que a cerca;
– Complexos de Inferioridade e Superioridade;
– Baixa Estima;
– Rejeição;
– Dependência de Álcool e Outras Drogas;
– Compulsão em Geral entre outros.

Trabalhamos com os 12 Passos do AA;
Livros: Introdução e Aprofundando a Restauração da Alma de David Kornfield
Quebrando Correntes de Neil Anderson
Metodologia da Cura pela Palavra de Deus.

Ministrante: Pra Neusa Maria Alcântara
Pós Graduada em Gestão de Pessoas e Aconselhamento para a Dependência Química;
Ministra desde Agosto de 1992 – São 20 anos Ministrando em Retiros, Seminários e Grupos.
20 anos trabalhando diretamente com dependentes de álcool e outras drogas.

Em 2006 fundou e preside até então a Missão: Centro de Aconselhamento, Assistência Integral e Treinamento: INSTITUTO LAÇOS DE SOLIDARIEDADE, no qual se dedica integralmente. Missão registrada como ONG numa VISÃO INTERDENOMINACIONAL.

Maiores Informações:

Neusa Maria Alcântara

Fone: (47) 9922-8893

3028-6767

O que segue a justiça e a beneficência achará a vida,

a justiça e a honra.Provérbios 21:21

 

Centro de Aconselhamento, Assistência Integral e Treinamento:

INSTITUTO LAÇOS DE SOLIDARIEDADE

http://www.lacosdesolidariedade.org/

Rua Sehnen, 85 – Saguaçu – Joinville – SC

E-mail: lacosdesolidariedade@gmail.com

MSN solidariedade2006@hotmail.com

http://twitter.com/neusa64

Curtir ·  · Seguir (desfazer) publicação · Compartilhar · Excluir

Anúncios

Tratamento à Cura Interior

17 de novembro de 2011

O Centro de Aconselhamento, Assistência Integral e Treinamento: INSTITUTO LAÇOS DE SOLIDARIEDADE no qual sua missão é a Promoção do Tratamento da Cura Interior.

A Assistência Integral do Tratamento da Alma (Cura Interior),do Espírito (Resgate a Deus) e do Corpo (Saúde Física).

Trabalhamos os 12 Passos do AA baseado na Bíblia Sagrada e nos Livros de David Kornfield: 1 – Introdução à Restauração da Alma (1a fase – 3 meses), 2 – Aprofundando a Restauração da Alma (2a Fase -9 meses), bem como no Livro de G. Alan Marlatt, Dennis M. Donavan – 3 – Prevenção de Recaída – Estratégias de Manutenção no Tratamento de Comportamentos Adictivos (3a Fase), mesclando todo esse tratamento com base nos 7 Passos da Cura Interior (Agosto de 1992) autoria de: Neusa Maria Alcântara.

Os primeiros 3 meses é a fase de diagnóstico baseado na auto-análise de cada tema abordado.   Os 9 meses seguintes é composto de grupos de ajuda mútua que se identificam entre si por situações similares.

Trabalhamos com pessoas feridas na alma: Vítima de Abuso Sexual, Rejeição, Depressão, Medo, Ira, Auto-Imagem negativa, Crise de Identidade, Estresse, Culpa, Alcoolismo, Vícios de drogas e outros temas pertinentes.

Recuperação da Alma, Recuperação das Drogas, Recuperação do Álcool. Resgate a Deus. Saúde física, emocional, mental, social e espiritual.

Formas de Tratamento (Com Internação e sem Internação)

  1. Internamento (Homens, maiores de idade – até 8 pessoas);
  2. Seminários de Cura Interior (Número ilimitado de Pessoas);
  3. Grupos Pequenos (até 6 pessoas);
  4. Tarefas por escrito;
  5. Ministração Individual (desde que concluído pelo menos a 1a fase);
  6. Retiros (de 3 a 5 até o final do tratamento).

Ministrante: Neusa Maria Alcântara

Não sou formada na área da saúde, não sou pastora, mais ao mesmo tempo exerço todas essas funções por Dom e Chamado de Deus, no qual o chamado desta Missão me renovou todo o meu Sentido de Vida. Hoje eu sei Quem Sou, de Onde Vim e Para Onde Vou.

Desde Agosto de 1992 inciei neste ministério e em 2001 conheci o David Kornfield, seu trabalho.  Me identifiquei muito com seu material que é didático e auto-explicativo e utilizo-o com a visão que recebi de Cura Interior.

As Ministrações são explanadas com uma visão interdenominacional não ferindo ou defendendo a uma determinada bandeira denominacional.

Já ministrei seminário para 500 pessoas (Durante 7 noites), como já ministrei de forma individual (Hora Marcada Semanal). Retiro de 3 dias para 50 Pessoas bem como para 12 Pessoas.

Locais Diversos: Igrejas, Empresas, Presídio, Hospital …

A Primeira Pessoa que atendi de forma individual ministrando a Cura Interior foi em Agosto de 1992 e em Novembro de 1992 Ministrei o Primeiro Seminário de Cura Interior em 6 Noites e 1 manhã com um movimento de 500 pessoas aproximadamente. E vou continuar até poder afirmar como o Apóstolo Paulo: – “Combati o bom combate, terminei a carreira, guardei a fé.”    2 Timóteo 4:7

Visão: Abrir uma Casa  de Tratamento Feminina e também para Menores, Uma Casa de Retiro e Treinamento e por fim um Hospital (da alma, do espírito e do corpo).

Facebook: Neusa Maria Alcântara

E-mail e MSN: solidariedade2006@hotmail.com

Fones: (47) 3028-6767 e 9922-8893
Twiter: neusa64

 

Formação:

2o Grau – Técnico em Contabilidade

Superior – Tecnólogo em Processos Gerenciais

Pós Graduação: Gestão de Pessoas

Especialização: Aconselhamento em Dependência Química


Modelo de Tratamento da Dependência Química

9 de novembro de 2011

6.DA ASSISTÊNCIA
6.1. O objetivo do tratamento implica no aprendizado de um novo modo de vida aos assistidos, livre do álcool e das drogas e no desenvolvimento de sua espiritualidade.
6.2. Todo indivíduo que vier a solicitar atendimento nesta entidade e que sofra de algum tipo estigma, preconceito e/ou descriminação por orientação sexual, dependência química, portador do HIV/doente de Aids tem direito ao sigilo absoluto quanto às suas informações íntimas e pessoais.
6.3.Os integrantes do Instituto laços que vier a infringir o sigilo absoluto dos casos do item acima, poderão ser enquadrados na forma da lei por: perdas e danos morais, caso denuncia da própria pessoa. Alerta a ética ministerial na qual a lei salvaguarda retirando o direito se outrem seja: pessoa física ou jurídica, obrigando-o na quebra de sigilo.
6.4. O processo de triagem é feito da seguinte forma:
6.4.1.Entrevista com o assistido e familiares;
6.4.2.Preenchimento do Cadastro de Assistência e,
6.4.3.Entrega de uma lista de exames, documentos e material de uso pessoal necessário.
6.5.Do Encaminhamento externo:
6.5.1.De acordo com o perfil do assistido feito na triagem, este poderá ser encaminhado para o serviço de rede assistencial da cidade:
a)Rede hospitalar;
b)Comunidades Terapêuticas;
c)Albergues;
d)Casas de apoio e outros.
6.6.Para a admissão na Casa de Apoio, faz-se necessário:
6.6.1.Apresentação dos documentos;
6.6.2.Exames e avaliação médica;
6.6.3.Lista de materiais de uso pessoal;
6.6.4.Leitura e assinatura do regimento interno da Casa de Apoio e,
6.6.5.Submeter-se a uma revista no momento da admissão.
6.7. São normas a serem seguidas para a permanência do assistido no Instituto:
6.7.1.Deve submeter-se ao regime disciplinar determinado e corresponder com a avaliação e evolução em seu comportamento;
6.7.2. Cumprir a escala de tarefas dos residentes na Casa-Lar.
6.7.3.O uso e posse de dinheiro não são permitidos durante a primeira fase;
6.7.4.Toda e qualquer contribuição financeira ao Instituto por parte de familiares, amigos e outros, deve ser feita mediante recibo assinado pelo Presidente ou Tesoureiro.

7.DO PROGRAMA DA ASSISTÊNCIA INTEGRAL
7.1. O programa de Assistência Integral do Instituto Laços de Solidariedade se desenvolve em 3 (três) áreas: Corpo, Alma e Espírito. Acreditamos no Ser Humano como tri-dimensional.
7.1.1.Corpo: através da educação e orientação de hábitos saudáveis que visem uma melhoria permanente na qualidade de vida.
7.1.2.Alma: Aconselhamento visando o “Tratamento da Cura Interior”. Trabalhando a Auto-estima, Identidade Própria, Auto-Aceitação, Perdão, Amor Incondicional (Através dos Passos da Cura Interior, apostila integrante do Material de Treinamento para formação de Conselheiros do Instituto Laços de Solidariedade).
7.1.3.Espírito: levando o indivíduo ao fortalecimento da fé e confiança em Deus, como também a um resgate de valores espirituais, através da Leitura, meditação e Reflexão da Bíblia (A Palavra de Deus) e Oração.
7.2. Para cada assistido é aberta uma ficha de controle onde constam as informações do andamento do tratamento, onde somente a equipe de conselheiros pode ter acesso.
7.3. O desempenho do assistido na realização de suas atividades, como também seu comportamento e relacionamento com os demais, são constantemente avaliados e registrados, no Livro de Ocorrências.
7.4. É obrigatório a todo o assistido:
7.4.1.Não receber visitas nos primeiros 30 (trinta) dias;
7.4.2.Respeitar os horários determinados;
7.4.3.Participar de todas as atividades e períodos durante o programa de recuperação e,
7.4.4.Respeitar e obedecer todos os monitores e Liderança.
7.5. Para o bem-estar integral dos assistidos trabalharemos em prol da formação de uma equipe interdisciplinar (Pastor, Psicólogo, Terapeuta Ocupacional, Advogado, Pedagogo, Enfermeiro, e outros profissionais de acordo com a disponibilização no quadro de voluntários ou contratados).
7.5.1.O Atendimento se dará de forma:
a)Individual;
b)Grupo de Auto-ajuda e,
c)Atendimento aos familiares de forma individual ou em grupo.
7.5.2.Atividades em grupo realizadas pela equipe do Instituto destinada aos assistidos e familiares, tais como:
a)Jogos;
b)Dinâmicas;
c)Discussão de texto;
d)Livros;
e)Filmes e,
f)Músicas.
7.6. A Assistência Integral baseia-se no incentivo de hábitos da vida saudável, tais como:
7.6.1.Alimentação balanceada;
7.6.2.Higiene pessoal;
7.6.3.Saúde do corpo;
7.6.4.Repouso e,
7.6.5.Incentivo ao exercício físico

8.DA REINSERÇÃO SOCIAL
8.1. A etapa de Reinserção Social do assistido está dividida em três fases:
8.1.1.Acolhimento:
a)Nesta fase trabalha-se a educação e a orientação para uma melhoria de qualidade de vida adotando práticas de hábitos saudáveis de vida e,
b)Disciplina de horários, cuidado com pertences, participar de escalas de tarefas para manutenção, limpeza e ordem na casa de apoio.
8.1.2.Reflexão de Valores e Princípios:
Parágrafo único -Nesta fase trabalha-se relacionamento; trabalho em equipe; Resgate da espiritualidade; Tratamento da “Cura Interior”.
8.1.3.Autonomia:
8.1.3.1.Trabalha-se a educação vocacional e para o trabalho:
a)Oficinas profissionalizantes;
b)Artesanato e,
c)Cursos Técnicos.
8.1.3.2.Legalização de toda documentação e,
8.1.4.Encaminhamento para o mercado de trabalho.


%d blogueiros gostam disto: